Governo holandês adquire participação na Air France-KLM

Após uma reunião esta quarta-feira, o Conselho de Administração do Grupo Air France-KLM reconhece que o Governo holandês adquiriu uma participação de 12,68% no capital social da empresa, “sem qualquer consulta”.

Em comunicado de imprensa o grupo explica que a aquisição ocorreu após conversas com todas as partes interessadas, incluindo o Governo holandês, e a aprovação unanime pelo grupo da empresa gestora sob a liderança do CEO Benjamin Smith, num espírito de diálogo aberto.

Foi também falado do compromisso do grupo com a valorização do Aeroporto de Schipol, como um hub europeu e de modo a apoiar o crescimento da KLM. O Conselho de Administração vai acompanhar de perto as consequências da nova participação no grupo, nos seus funcionários, estrutura de liderança e valor de mercado.

A Administração pretende garantir que esta iniciativa não irá impactar negativamente a nova dinâmica de trabalho do grupo e das suas companhias aéreas, recentemente iniciada por Benjamin Smith. Pede a gerentes e funcionários que se foquem na evolução comercial e melhorias operacionais, que visam posicionar a Air France-KLM como o principal grupo de transporte aéreo na Europa.