Grande Hotel do Porto encerrado

No mês em que completa 140 anos, o encerramento do Grande Hotel do Porto é temporário mas por tempo indeterminado, dando prioridade à prevenção da propagação do novo coronavírus.

“No actual contexto que o país e o mundo atravessam, o Grande Hotel do Porto entende como prioritário a prevenção da propagação do COVID-19 e a protecção dos nossos colaboradores. Decidimos por isso encerrar o hotel por tempo indeterminado”, lê-se na nota enviada pela directora-geral da unidade.

Marta Henriques, que sublinha esperar que “este período possa ser o mais curto possível”, anuncia que o hotel irá “proceder ao congelamento das reservas em sistema”. A responsável esclarece ainda que “as reservas para Março e Abril estão definitivamente canceladas” e que todas “as que já têm depósitos feitos poderão ser reagendas até ao período homólogo do próximo ano”. No entanto, os clientes que pretendam o cancelamento definitivo da sua reserva e não o seu reagendamento, deverão contactar o hotel para poderem ser reembolsados.

Apesar destas medidas, o hotel manterá abertas as linhas de contacto com clientes e parceiros.

“No mês em que o Grande Hotel do Porto completará 140 anos de idade, vamos enfrentar um desafio nunca antes vivido. Nunca em todos os seus anos de vida, o hotel fechou portas. Vamos fazê-lo agora pela primeira vez na nossa história mas apenas para que possamos continuar a escrevê-la por muitos mais anos”, escreve ainda a directora-geral da unidade.