Greve na Air Europa: Serviços mínimos serão garantidos

Perante a convocatória de greve anunciada pelo sindicato espanhol de pilotos de linhas aéreas (SEPLA) para os próximos dias 30 de Julho a 2 Agosto, a Air Europa assegura que garantirá toda a operação que for aprovada pelos serviços mínimos, decretados pelo Ministério do Fomento.

A transportadora aérea espanhola recorda que situações anteriores, o critério seguido pelo governo na hora de decretar os serviços mínimos foi de manter os 100% dos voos transcontinentais, assim como a totalidade das operações de e para as Canárias e Baleares e as inter-ilhas. No que se refere às restantes ligações, estará garantida uma percentagem da operação com o objectivo de minimizar o impacto da greve.

A Air Europa lamenta a situação originada e pede desculpas a todos os passageiros que podem ver-se afectados pelas paragens programadas, ao mesmo tempo que reitera disposição para continuar a tentar chegar a um acordo entre as partes de modo a evitar a greve, ao mesmo tempo que está a tomar todas as medidas que estejam ao seu alcance para proteger os passageiros da companhia e dará todas as facilidades possíveis aos passageiros que forem afectados.