Royal Caribbean suspende operações até 11 de Junho

O Grupo Royal Caribbean Cruises, que inclui as companhias Royal Caribbean International, Celebrity Cruises e Azamara, comunicou ao mercado a sua decisão de prolongar a suspensão da sua operação global até ao dia 11 de Junho.

Em comunicado difundido na passada sexta-feira pela Melair, que representa as companhias do Grupo Royal Caribbean em Portugal, é anunciado que todas as partidas até 11 de Junho se encontram canceladas e que, a todos os passageiros com viagens marcadas para as datas agora canceladas irá oferecer “um Certificado de Futuro Cruzeiro de 125%, para que possa reservar um novo cruzeiro”.

“Tínhamos planeado retomar algumas das nossas operações a 12 de Maio de 2020. Contudo, e após consulta com os nossos parceiros – Associação Internacional das Companhias de cruzeiros (CLIA) e em conjunto com o CDC, decidimos prorrogar a nossa suspensão global por mais um mês. Infelizmente, todos os cruzeiros que partida até 11 de Junho de 2020 serão cancelados”, lê-se n comunicado em que a RCC adianta fazer “planos de retomar a operação a 12 de Junho”.

Como resultado dessa alteração, a Royal Caribbean irá emitir aos passageiros afectados, um “Certificado de Futuro Cruzeiro de 125%, para que possa reservar um novo cruzeiro. O certificado é válido até 31 de Dezembro de 2020, e poderá ser aplicado a novas reservas com data de partida até 30 de Abril de 2022”.

O valor será baseado na tarifa total do cruzeiro paga, ao qual é acrescentado um “extra” de 25%” e o “voucher” será emitido automaticamente até ao próximo dia 22 de Maio de 2020. Além disso, “taxas de cruzeiro, gratificações ou quaisquer valores pagos no âmbito do programa de upgrade RoyalUp serão reembolsados automaticamente” no prazo de 45 dias”.