Grupo Vila Galé ruma à Costa do Cacau

O Grupo Vila Galé prepara-se para voltar a investir no estado brasileiro da Bahia, onde já detém o resort Vila Galé Marés. Desta vez o destino será a Costa do Cacau, segundo avançou este sábado Jorge Rebelo de Almeida, na conferência de imprensa que antecedeu a inauguração do Vila Galé Touros, no Rio Grande do Norte. O presidente do Grupo Vila Galé vincou ainda a intenção de rumar a São Paulo.

O Brasil, onde a Vila Galé acaba de inaugurar a sua oitava unidade, continua nos planos de investimento do Grupo que, a 1 de Dezembro próximo, vai abrir o Vila Galé Suite Family Hotel, contíguo ao seu resort no Cumbuco, no estado brasileiro do Ceará. Antes que isso aconteça o Grupo deverá apresentar o projecto daquele que será o seu próximo resort no nordeste brasileiro, um investimento que levará a Vila Galé, uma vez mais, à Bahia. Desta vez o local escolhido será a Costa do Cacau, concretamente a localidade de Una, a cerca de 60Km de Ilhéus, cidade imortalizada por Jorge Amado, por via do livro Gabriela, Cravo e Canela que, como recordou o presidente do Grupo, originou uma “telenovela que fez parar Portugal”.

Outro destino na mente da Vila Galé é a cidade de São Paulo. No discurso que proferiu na inauguração do resort em Touros, este sábado, Jorge Rebelo de Almeida confessou que partiria dias depois para aquele estado com a esperança de, desta vez, conseguir levar para a frente o seu sonho de levar a marca Vila Galé até aquela cidade. “Não iremos para São Paulo com um resort nem com um hotel muito grande mas gostaríamos de ter uma presença em São Paulo com uma unidade pequena de muita qualidade”, garantiu.

Ainda no que toca a investimentos no Brasil referência para a ampliação do Vila Galé Marés, em Guarajuba, na Bahia, que passará a ter mais 72 apartamentos.

* Leia a reportagem na edição de Setembro da revista Turisver.

* A Turisver viajou para o Brasil a convite do Grupo Vila Galé.