Grupo Vila Galé vai construir hotel no Convento de São Paulo em Elvas

O presidente da Câmara Municipal de Elvas, Nuno Mocinha, revelou esta quarta-feira, em conferência de imprensa, que o concurso para a concessão do Convento de São Paulo recebeu uma proposta, e do Grupo Vila Galé.

A data para assinatura do contrato com o grupo Vila Galé, para a concessão do edifício militar será anunciada brevemente.

O Convento de São Paulo, em Elvas, foi o primeiro de 30 edifícios públicos que o Governo Português incluiu no programa de “Valorização do Património”, num investimento privado superior a 5 milhões de euros, com o objectivo de criar uma unidade hoteleira.

O memorando foi assinado no dia 3 de Agosto, na presença do ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral e, dois dias após o anúncio do concurso deflagrou um incêndio no monumento, mas uma vez que não o afectou de forma significativa, permitiu a continuidade do concurso.

Refira-se que na sua intervenção na III Cimeira sobre o Turismo Português, organizada pela CTP, que decorreu terça-feira, no Museu do Oriente, em Lisboa, no âmbito do Dia Mundial do Turismo, o presidente do Conselho de Administração do Grupo Vila Galé, Jorge Rebelo de Almeida, já havia referido da necessidade de fomentar o turismo no interior do país, tendo anunciado mais dois projectos: em Elvas e em Manteigas, para além dos já noticiados, no Porto e em Braga.