Havana duplica capacidade de alojamento

Havana vai duplicar a sua capacidade de alojamento até 2030, disse à agência de notícias Prensa Latina, a delegada do Ministério do Turismo da província cubana, Sónia Beltrán.

A capital de Cuba dispõe actualmente de 11.309 quartos distribuídos em unidades hoteleiras, vilas e casas, que representam 20% da capacidade total de alojamento no país.

Para a próxima temporada de Inverno – entre Novembro e Março -, a cidade contará com 1.400 quartos recuperados e remodelados, especialmente nos hotéis Habana Livre, Habana Riviera e Acuario, os bungalôs Alborada del Comodoro e com a reabertura do hotel O Velho e o Mar.

Em 2015, Havana recebeu 1.685.381 visitantes estrangeiros, um aumento 21% face ao ano anterior, e o primeiro trimestre de 2016 fechou com um crescimento de 37% em relação ao mesmo período do ano passado, disse a especialista.

As autoridades cubanas anunciaram em Abril um aumento de 17,5% do número de turistas recebidos o ano passado, quando 3,525 milhões de visitantes viajaram para aquele país, grande parte atraída pelo anúncio do restabelecimento das relações entre Cuba e os Estados Unidos.
Para 2016, a expectativa é de um crescimento maior ainda. De referir que e Janeiro a 11 de Março o país já tinha registado a entrada de um milhão de estrangeiros.