Hotéis Hilton vão abolir pornografia on-demand

A cadeia de hotéis e resorts Hilton Worldwide vai eliminar os vídeos pornográficos on-demand nos quartos dos seus hotéis, a nível mundial. A medida vai ser implementada em Setembro deste ano, sendo que em Julho de 2016 estará totalmente implementada.

A associação entre pornografia e exploração sexual tem vindo a ser cada vez mais demarcada, nos últimos tempos. Assim, a cadeia hoteleira afirma ter tomado esta decisão por razões morais. Gesto que o National Center of Sexual Exploitation acolhe com agrado, retirando os Hilton da sua lista de “Dirty Dozen”, que indicava grupos hoteleiros que promoviam pornografia.

Em 2012 Robert P. George, professor de lei católica em Princeton, e Shaykh Hamza Yuzuf enviaram cartas a um leque de proeminentes CEOs de cadeias hoteleiras, a abordar este mesmo assunto. Desde então diversos grupos tomaram a decisão de remover o acesso a pornografia paga nos seus hotéis, nomeadamente a Omni Hotels & Resorts e Nordic Hotels, bem como a Marriott Internacional que a tem vindo a eliminar gradualmente e agora a Hilton Worldwide.