Hotel Mundial celebra 60 anos com os olhos no futuro

O Hotel Mundial, em Lisboa, que abriu as portas a 3 de Dezembro de 1958, está a celebrar o seu 60º aniversário com os olhos postos no futuro, que passam por algumas remodelações e melhoramentos agendados para 2019.

  

  

Destaque para a remodelação integral do antigo Salão Azul que passará a ser conhecido por Salão Mundial. No restaurante Varanda de Lisboa, serão apresentadas alterações ao nível da decoração e do ambiente da sala, modernizando-a e dotando-a com novos equipamentos, mas desta vez, apresentando algumas alterações estruturais de forma a que se torne um espaço ainda mais actual, atraente e luminoso. O objectivo é que saia reforçado o seu conceito e reinterpretado o legado da gastronomia portuguesa, valorizando os ingredientes de cada época com uma abordagem contemporânea.

O objectivo para o Rooftop Bar, é manter a estratégia de liderança neste segmento, estabelecendo novas parcerias e iniciativas, que, prometem uma vez mais, inovar e superar as expectativas dos clientes.

Refira-se que o edifício de acolhe o Hotel Mundial, projectado pelos arquitectos Porfírio Pardal Monteiro e Elísio Summavielle, foi pensado para ser a sede da Companhia de Seguros “A Mundial”. No entanto, acabou por ser adaptado e a transformar-se numa unidade hoteleira. Lisboa ganhava, assim um novo “hotel de 1ª Classe A”, á época, a classificação mais elevada.

Localizado no coração da cidade, junto aos principais pontos culturais e históricos da cidade, salas de espectáculos e compras, o Hotel Mundial foi ao longo do tempo, o local de eleição de celebridades intemporais como Roger Moore, Alan Delon, Romi Schneider, Brigitte Bardot, Siza Vieira, José Saramago, Amália Rodrigues, Simone de Oliveira, Jean Paul Sartre, Simone de Beauvoir entre outros.

Em seis décadas de existência, evolui das iniciais 150 unidades de alojamento, para 349 quartos e suites. O Varanda de Lisboa, continua a ser um restaurante de referência na cidade.Por outro lado, o restaurante Jardim do Mundial, aposta num conceito mais flexível e dinâmico, ideal para almoços e jantares mais informais. O Bar São Jorge, junta conforto e elegância, seja para um café, ou para a realização de um cocktail.

Em 2011 surgiu no topo do edifício, o Rooftop Bar, um local de eleição com excelentes vistas panorâmicas para a cidade. O Verão de 2018, ficou marcado pela ampliação do espaço, agora com uma vista de 360º e ainda pela abertura da Roofsuíte Bar, que devolveu o ADN original ao espaço.