Hotelaria de Lisboa com queda em todos os indicadores em Outubro

O mês de Outubro trouxe aos hotéis de Lisboa quedas ligeiras em todos os indicadores, face ao mesmo mês do ano passado. Os dados são do Observatório Turismo de Lisboa. Já no acumulado de Janeiro a Outubro os preços continuam com sinal positivo em todas as categorias de hotéis, embora só os 3 estrelas subam em ocupação.

No caso da ocupação, a descida foi de 3,2%, tendo passado de 91,93% para 88,99%. As unidades hoteleiras de 3 e de 4 estrelas mantiveram taxas de ocupação acima dos 92%, e as de 5 estrelas ficaram nos 80,25%. Todos estes valores reflectem uma descida face ao mesmo mês de 2017, sendo a maior a que afectou os hotéis de 5 estrelas (-6,4%) e a menor a dos quatro estrelas (-1,9%).

No Preço Médio por Quarto Vendido (Average) e por Quarto Disponível (RevPar), apenas os hotéis de 3 estrelas registaram aumentos. Nestes hotéis o Average foi de 87,85€, o que representa um crescimento de 3,4%, enquanto o o RevPar se situou nos 81,52 (+1,1%).

No Average a maior queda aconteceu nos 4 estrelas, onde o preço médio por quarto vendido foi de -5,6% em termos homólogos ficando nos 102,77€, com os 5 estrelas a baixarem 3,5% para os 189,10€. No revPar, a maior descida foi a dos 5 estrelas (-9,7%, para 151,75€), com os 4 estrelas a registarem também um retrocesso face a Outubro de 2017 (-7,5% para 94,64€.).

Contudo, ao analisar o acumulado anual, verifica-se que todas as tipologias de hotéis aumentaram os preços (por quarto vendido e por quarto disponível) face aos primeiros 10 meses de 2017, apesar de a ocupação apenas se manter com sinal positivo nos hotéis de 3 estrelas. Entre os vários indicadores, destaque, no acumulado do ano, para o aumento de 14% no RevPar dos 3 estrelas, que passaram de 61,99€ para 70,65€, bem assim como a subida de 12,5% no Average desta mesma categoria de hotéis, onde o preço médio por quarto vendido de Janeiro a Outubro passou de 72,40€ para 81,42€.