Hotelaria de Lisboa com resultados positivos em Abril

De acordo com os dados divulgados sexta-feira pelo Observatório do Turismo de Lisboa, a hotelaria da capital apresentou subidas em todos os indicadores (Ocupação, RevPar e Average) no mês de Abril, quando comparados com os resultados do período homólogo do ano passado. No acumulado dos primeiros quatro meses do ano, os indicadores são também positivos. Em Abril, todos os indicadores da hotelaria de Lisboa foram positivos. A Ocupação, que atingiu uma média de 79,15%, teve um crescimento de 12,3% face ao mesmo mês em 2013. A maior subida (15,5%) foi protagonizada pelas unidades de cinco estrelas que atingiram uma ocupação média de 68,85%. No entanto, a mais elevada taxa de ocupação da cidade foi registada nas unidades de quatro estrelas com 83,40%, numa subida homóloga de12,3%. Já os 3 estrelas apresentaram um aumento homólogo de 7,7% para uma ocupação média de 82,42%. No acumulado Janeiro-Abril, foram os quatro estrelas a apresentar o maior crescimento (8,4%), para uma ocupação de 63,52%. Nos 3 estrelas o aumento foi de 7,9% para 63,15% e os 5 estrelas subiram 5,3% para 49,39%. Em termos de Average (preço médio por quarto vendido) registou-se uma subida de 6,2% para um preço médio de 78,68 euros. As unidades de três estrelas foram as que mais contribuíram para o aumento, com um acréscimo de 11,8% para uma média de 57,51 euros. Os 5 estrelas subiram 4,1% para 125,24 euros, e os 4 estrelas registaram um acréscimo de 5,7% no preço médio por quarto vendido, para os 65,61 euros. No acumulado do primeiro quadrimestre do ano, o indicador de preço médio por quarto vendido apresenta-se também positivo para todas as categorias em análise. Uma vez mais, a subida mais destacada, +4,1% aconteceu nos 3 estrelas, que viram o Average situar-se nos 47,52 euros. O RevPar médio das categorias de hotéis analisados subiu 19,3% para 62,27 euros. O maior aumento registou-se nas unidades de 3 estrelas (+20,4% para 47,40 euros) logo seguidas dos 5 estrelas (+20,2% para 86,22 euros). Nos 4 estrelas, o aumento foi de 18,7% para 54,72 euros. No acumulado de Janeiro a Abril o aumento global foi de 9,7% para 42,04 euros. Uma vez mais, os 3 estrelas foram protagonistas da maior subida: +12,4% para 30,01 euros. Seguiram-se os 4 estrelas com um aumento homólogo de 10,1% para 38,04 euros, com os 5 estrelas a registarem uma subida de 8,4% para 57,25 euros. M.F.