IATA quer fortalecer a cooperação para viagens intermodais

A Associação Internacional de Transporte Aéreo assinou um Memorando de Entendimento com a UIC – União Internacional de Caminhos de Ferro, de forma a fortalecer a cooperação em iniciativas com foco em definir padrões de troca de dados que apoiem viagens intermodais.

Segundo o Memorando de Entendimento, as oportunidades de cooperação vão ser exploradas através dos processos de distribuição existentes, bem como dos processos “offer-order” tipificados pelas iniciativas NDC e ONE Order, que oferecem uma oportunidade significativa para a criação de valor nas parcerias intermodais.

O diálogo e a cooperação incluem áreas como o planeamento da viagem e compras, reservas e serviços, bilhetes (incluindo processos operacionais irregulares), codificação da indústria (incluindo códigos de localização), check-in e controlo de validade, contabilidade e liquidação, e aspectos legais.

“A missão da IATA inclui o apoio e facilitação do desenvolvimento de standards comercias que permitam uma operação eficiente de uma rede de transportes interconectada”, atesta Alexandre de Juniac, director-geral e CEO da IATA. “À medida que os passageiros procuram opções de viagem sustentáveis, é importante que os fornecedores trabalhem em conjunto para oferecer intercâmbio de passageiros e dados”, conclui.

Já François Davenne, director-geral da UIC, afirma que “este Memorando de Entendimento confirma o desejo de realmente promover a multimodalidade”, sendo que “oferecer aos passageiros um único bilhete para as viagens aéreas e ferroviárias dá-lhes a oportunidade de escolher o melhor dos dois mundos, optimizando a sua viagem a par com a sua pegada de carbono”.