IATA: tráfego aéreo cresce em todas as regiões do mundo

Dados da IATA referentes a Julho indicam que o tráfego mundial de passageiros aumentou em todas as regiões. “A indústria registou mais um mês de sólido crescimento nas viagens aéreas, e o factor de ocupação recorde reflecte a eficiência das companhias aéreas em adaptar a capacidade à procura”, comentou o CEO da IATA, Alexandre de Juniac, para alertar, no entanto que “o aumento dos custos, especialmente do combustível, ameaça a possibilidade de redução das tarifas aéreas, podendo o crescimento desacelerar em comparação com 2017 “.

No período em análise houve um aumento da procura medida em passageiros por kilómetro transportado (RPK) de 6,2%, mas ainda assim um crescimento menor do que verificado em Junho que foi de 8,1% face ao ano passado.

A capacidade aérea medida em assentos por kilómetro oferecido (ASK) foi aumentada em cerca de 5,5%, pelo que o indicador ocupação aérea subiu 0,6 p.p., situando-se nos 85,2%, considerado recorde para o mês de Julho.

Todas as regiões do mundo registaram subidas, embora inferiores aos números verificados em Junho, com a Ásia-Pacífico à cabeça pela primeira vez em três meses, com um crescimento de 7,5%. A melhoria do cenário económico na região e uma maior oferta de destinos foram os principais factores deste crescimento.

Na Europa, a procura internacional de passageiros aumentou em Julho 4,4% quando no mês anterior tinha tido uma variação positiva de 7,1%. O Médio Oriente teve uma subida de 4,8%, a América do Norte 4,1%, a América Latina 3,8% e a África 6,8%.