ICAO apresenta novas medidas para a recuperação da aviação

A Council’s Aviation Recovery Task Force da ICAO apresentou um novo relatório e directrizes para o relançamento do sistema de transporte aéreo internacional, alinhado com a recuperação global dos efeitos da crise de Covid-19.

O novo relatório foi desenvolvido com a ajuda de organizações nacionais e regionais e com aconselhamento pela Organização Mundial da Saúde e associações como a IATA, ACI World, CANSO e ICCAIA. “O mundo olhou para o Conselho da ICAO para oferecer as orientações de alto nível que os governos e a indústria precisam para começar o retomar do transporte aéreo internacional”, atesta Salvatore Sciacchitano.

O presidente do Conselho da Organização da Aviação Civil Internacional explica que o relatório e directrizes realizados em resposta a esta demanda “alinham acções e mitigações do sector público e privado, à medida que o mundo volta a voar, em perfeito acordo com as últimas e mais prudentes recomendações”. As directrizes do CART pretendem informar, alinhar e melhorar os planos de recuperação assumidos a nível nacional e regional, sem os querer substituir.

O objectivo é a facilitação da convergência, do reconhecimento mútuo e da harmonização global das medidas para a retoma pós-Covid. O que se pretende é uma abordagem faseada e baseada em riscos, com medidas a ser implementadas ou postas de parte conforme necessário e com base na evolução da situação pandémica.

O Relatório CART contém uma análise detalhada aos principais princípios suportados por uma série de recomendações focadas em objectivos de saúde pública, segurança na aviação e a recuperação económica do sector. Estes conteúdos são maximizados pelo relatório especial “Take Off”, que contém directrizes para a mitigação do risco de saúde pública e quatro módulos distintos relacionados com aeroportos, aviões, tripulação e carga.

Fang Liu, secretária-geral da ICAO, avançou que a organização vai continuar a desenvolver pacotes de ajuda para que os Estados-Membros possam retomar as suas operações. “Restaurar a confiança pública nas viagens aéreas traz benefícios muito amplos”, afirma, para explicar que “não se trata apenas da viabilidade operacional e económica do sector do transporte aéreo, mas do restabelecimento dos meios de subsistência e estabilidade de sociedades inteiras”.

A ICCAIA – International Coordinating Council of Aerospace Industries Associations também já se pronunciou quanto a estes novos documentos publicados pela ICAO, considerando-os “um excelente primeiro passo para a recuperação das operações da aviação”. “O Relatório CART oferece um guia forte e de unificação global para alavancar a confiança do consumidor na segurança das viagens aéreas, à medida que mais aviões regressam aos céus nos próximos dias e meses”, assevera.

O Relatório Cart e o relatório especial “Take Off” podem ser consultados [aqui]. Serão regularmente revistos e actualizados com base nas últimas informações disponíveis.