INE: Carnaval terá feito acelerar actividade turística em Fevereiro

Esta é a perspectiva avançada pelo Instituto Nacional de Estatística que divulgou antecipadamente um resumo da actividade turística em Fevereiro, mês que deverá ter trazido cerca de 1,6 milhões de hóspedes às unidades de alojamento turístico em Portugal, +16% em termos homólogos, com as dormidas dos portugueses a aumentarem 12,1%.

De acordo com os dados preliminares do INE, os 1,6 milhões de hóspedes registados em Fevereiro (+16% que no mesmo mês do ano passado) terão sido responsáveis por um total de 3,9 milhões de dormidas, indicador que registou um crescimento homólogo de 15,3%, aumentos que ficaram acima dos verificados em Janeiro (+12,2% e +7,6%), respectivamente.

Ainda no que toca às dormidas, tanto o mercado interno como os internacionais tiveram sinal positivo, mas foram as dos residentes as que mais cresceram: +27,2% que no segundo mês do ano passado (+12,1% em Janeiro), enquanto as de não residentes terão crescido 10,0% (+5,6% em Janeiro).

O INE precisa ainda que o número de hóspedes residentes terá ascendido aos 777,6 mil, o que se traduziu num acréscimo de 23,9% (+12,9% em Janeiro) enquanto os não residentes terão atingido um total de 828,4 mil e aumentaram 9,5% em termos homólogos (+11,6% em Janeiro).

O facto de este ano o Carnaval ter sido em Fevereiro enquanto o ano passado aconteceu em Março terá sido o grande responsável pelos aumentos expressivos registados no segundo mês deste ano. “Estes resultados foram influenciados pelo efeito do período de Carnaval, que este ano ocorreu em Fevereiro e no ano anterior ocorreu em Março. Adicionalmente há também que considerar outro efeito de calendário, dado que Fevereiro teve 29 dias em 2020, mais um que em 2019”, explica o INE.

De salientar que todas as regiões turísticas nacionais, sem excepção, terão registado resultados positivos, com a Madeira, que teve um ano negativo em 2019, a registar um aumento de 9,7% nas dormidas face ao mesmo mês do ano passado, com as de residentes a aumentarem 34,6% e as de não residentes a crescerem 7,3%. Também aqui o facto de o Carnaval ser um importante cartaz turístico da região da Madeira não será estranho à evolução positiva verificada.

No entanto, a região que mais terá crescido em Fevereiro terá sido o Alentejo, onde as dormidas deverão ter aumentado 42,6%. Seguiu-se o Centro (+27,7%) e o Norte (+22,1%).

O resumo de resultados agora divulgado pelo INE mostram também que a maioria dos principais mercados emissores teve comportamento positivo, com destaque para Espanha (+41,4%), Canadá (+32,8) e Brasil (+32,4%), com o mercado britânico a apresentar também uma evolução homóloga positiva de 5,2%.

No pólo oposto há a destacar o decréscimo de 51,3% registado pelo mercado chinês que, como é conhecido, estava já a braços com os efeitos do surto do novo coronavírus.