IPDT revela intenções de férias de portugueses

O Instituto de Planeamento e Desenvolvimento do Turismo revelou um estudo que avalia a intenção de férias de residentes em Portugal para o Natal e passagem de ano e para 2016.

O estudo foi realizado pela internet, em parceria com a Soltrópico, e levou à conclusão de que 37% dos inquiridos planeiam uma pausa fora de casa durante este período festivo. Destes, 71% opta por permanecer em território nacional, com as regiões do Centro e do Porto e Norte a surgir como preferência, seguidas pela Madeira com 13% e os Açores, com 12%.

O estudo revela que cada turista deverá gastar, em média, 215€ nestas férias e 44% ficará hospedado em alojamento particular, com 40% a optar por hotéis. A média de estadia vai rondar as quatro noites.

Em relação a 2016, nove em casa dez, ou seja 90%, pretende fazer férias ao longo do ano, optando a maioria, 83%, por shortbreaks em duas ou três vezes. Os destinos predilectos são Porto e Norte de Portugal, Algarve e os Açores, a nível nacional, e Espanha, Reino Unido, Itália e França, para viagens ao estrangeiro.

No que diz respeito a férias mais longas, três em quatro portugueses vai gozar um período fora de casa. As escolhas recaem sobretudo em destinos nacionais, com o Algarve a liderar, com 40%. A este segue-se Espanha com 16,5% e também Itália, França e Reino Unido. Fora da Europa as preferências recaem sobre Cabo Verde, Brasil e EUA. Tanto para shortbreaks como para férias de longa duração a intenção de gasto deverá ser a mesma que em 2015.

A recolha de dados do estudo de intenções de férias para Natal e passagem de ano 2015 e para 2016 decorreu pela internet, entre 15 e 30 de Novembro de 2015, com a aplicação de um questionário promovido com uma campanha online, da qual se obteve 531 questionários válidos.