LATAM quer atingir 85% de ocupação na rota São Paulo-Lisboa

“O nosso objectivo é ter uma taxa de ocupação superior a 85% e aumentar o número de frequências no futuro”, declarou esta segunda-feira ao turisver.com, Thibau Morand, director Comercial do Grupo LATAM para Portugal e Espanha, à margem da cerimónia, no aeroporto Humberto Delgado, que marcou o início da operação da companhia aérea entre São Paulo e Lisboa.

De acordo com o responsável, a companhia aérea pretende abordar o mercado português fundamentalmente através das agências de viagens, privilegiando os vários segmentos de tráfego, tais como o corporativo e o turístico, passando a mensagem que “trazemos para Portugal não só São Paulo e o Brasil, mas uma rede de 120 destinos na América Latina”, para acrescentar que “pretendemos incentivar é que os passageiros possam combinar destinos e aceder a todas as maravilhas da América do Sul”.

No que se refere à quota de mercado, Thibau Morand acredita que “há espaço para todos”. Apesar de existir uma forte concorrência nesta rota, o director Comercial da LATAM Airlines para Portugal e Espanha referiu que “pensamos que há espaço para agregar mais oferta, mas mesmo assim vamos posicionar-nos no mercado não só através do preço, mas também pelo excelente serviço a bordo, e pela conquista de passageiros para novos e importantes mercados tais como a Argentina, Chile e Peru, e para outros nicho como é o caso do Uruguai, o Paraguai e a Bolívia. Para além disso, o que nos diferencia é o facto de sermos os únicos a oferecer toda a América do Sul”, disse.