Lisboa sobe na lista das cidades mais seguras e com melhor qualidade de vida

Lisboa sobe na lista das cidades com melhor qualidade de vida, encontrando-se na 37ª posição, acima de Madrid, Barcelona, Paris, Londres ou Nova Iorque, e é a 31ª mais segura do mundo, subindo seis posições em relação ao lugar que ocupava em 2005. Este é o resultado do último ranking da Mercer.

O 21º estudo anual Quality on Living da Mercer mostra que muitas cidades em todo o mundo ainda oferecem ambientes atractivos para fazer negócios. As cidades melhor pontuadas são as que perceberam que a qualidade de vida é uma componente essencial no que se refere à atractividade de negócios e à mobilidade de talento.

Globalmente, Viena lidera o ranking pelo 10º ano consecutivo, seguida de perto por Zurique. Em terceiro lugar partilhado encontra-se Auckland, Munique e Vancouver, “a cidade com melhor ranking na América do Norte nos últimos 10 anos”.

Este ano, a Mercer disponibiliza um ranking separado sobre segurança pessoal, que analisa a estabilidade interna das cidades, níveis de criminalidade, aplicação da lei, limitações à liberdade individual e relações com outros países. Neste caso, a Europa Ocidental lidera os rankings, com Luxemburgo a ser considerada a cidade mais segura do mundo, seguido por Helsínquia, e as cidades suíças como Basileia, Berna e Zurique.

As cidades europeias continuam a ter a qualidade de vida mais elevada do mundo, e Lisboa, encontra-se este ano no 37º lugar, tendo subido uma posição relativamente ao ano passado. Esta classificação permiti-lhe estar acima de cidades como Paris (39ª), Londres (41ª) ou Nova Iorque (44ª). Contudo, o grande salto da capital portuguesa verifica-se no ranking da segurança. Neste aspecto Lisboa está acima de cidades como Dublin (32ª), Paris (60ª) ou Barcelona (61ª).