Madeira quer consolidar-se como destino de surf

O Turismo da Madeira quer reforçar a sua aposta no surf. O facto foi confirmado pela directora Regional do Turismo, Katia Carvalho, no lançamento do livro “Ser Surfista – Manual de Iniciação e Alta Performance”, da autoria de João Macedo.

Segundo a responsável, “a promoção desta prática desportiva tem vindo a ganhar uma outra expressão na Região”, não apenas numa perspectiva focada para fora, junto dos amantes do surf mas, também, virada para dentro, “para uma população residente que se deseja envolver e atrair, cada vez mais”. Atenta a esta realidade, a Secretaria Regional da Economia, Turismo e Cultura da Madeira, “tem vindo a trabalhar na elaboração de um documento orientador e de um plano de acções para o surf, que estão em fase de conclusão e que serão, brevemente, apresentados”.

Para Katia Carvalho, este manual, destinado a surfistas e não surfistas, e que pretende servir de incentivo à modalidade na Madeira, região que o autor considera como “detentora das condições ideais para a pratica do surf, com ondas únicas e com um sem número de valências que podem vir a ser aproveitadas e exploradas, também, do ponto de vista turístico”, representa, também, um importante reforço na divulgação desta actividade.

“Espera-se que este manual possa assumir-se como uma referência e que, através dele, mais pessoas – turistas e residentes – se sintam motivados a experienciar aquele que é mais um dos muitos produtos turísticos que o nosso destino tem para oferecer”, referiu ainda.