Mais possibilidades de miniférias em 2019 vão ajudar na dinamização do turismo interno

Mesmo que alguns dos feriados nacionais em Portugal sejam em 2019 comemorados num dia de fim-de-semana, não contribuindo assim para uma pausa no trabalho, certo é que em 2019 haverá possibilidade de fazer fins-de-semana prolongados, “pontes” e mini-férias em maior quantidade que no ano que agora termina, o que por certo dará mais um impulso ao turismo interno.

Olhemos para o calendário do ano que vai entrar e deparamo-nos logo com a possibilidade de uma “ponte” entre o ano em que estamos e o próximo já que 1 de Janeiro é uma terça-feira e como 2018 acaba numa segunda-feira há possibilidade de fazer “ponte”, até porque há tolerância de ponte para a função pública.

Depois de um mês de Fevereiro sem feriados, em Março volta a possibilidade de ter algum descanso, já que a terça-feira de Carnaval é no dia 5 e se bem que não seja feriado o Governo poderá conceder mais uma tolerância de ponto neste dia.

Em Abril, os feriados são vários. Dia 19 de Abril é sexta-Feira Santa, garantindo um fim-de-semana prolongado e o dia 25 de Abril calha, em 2019, a uma quinta-feira pelo que, se tirar um dia de férias pode ter umas mini-férias de quatro dias e aproveitar para uma “escapadinha”. Já em Maio, se tirar dois dias de férias pode fazer ainda uma “ecapadinha” maior já que o 1º de Maio, que é também feriado nacional, calha a meio da semana, concretamente a uma quarta-feira.

Junho é também mês de vários feriados. O Dia de Portugal, 10 de Junho, comemora-se a uma segunda-feira, o que resulta num fim-de-semana prolongado mas se trabalhar em Lisboa tem ainda o 13 de Junho, na quinta-feira da mesma semana. Se juntar três dias de férias (a 11, 12 e 14) fica com uma semana inteirinha, sendo que na semana seguinte haverá mais um feriado nacional, o que assinala o Corpo de Deus que se comemora no próximo ano na quinta-feira, 20 de Junho, possibilitando assim mais uma “ponte” se quiser pedir mais um dia de férias. Se vive no Porto, o feriado de São João (24 de Junho) calha a uma segunda-feira, possibilitando aos portuenses um fim-de-semana prolongado.

Em Agosto haverá também a possibilidade de uma nova “ponte” já que o feriado da Assunção de Nossa Senhora, que se celebra no dia 15, será a uma quinta-feira.

Em Outubro vai ter de “esquecer” o feriado do 5 de Outubro, Dia da Implantação da República porque no próximo ano vai ter lugar a um sábado. No entanto, o dia 1 de Novembro, Dia de Todos os Santos, será a uma sexta-feira, o que resultará em mais um fim-de-semana prolongado.

Em Dezembro vai apenas poder contar com o feriado do Dia de Natal, 25 de Dezembro, a uma quarta-feira e esperar pela tolerância de ponto de dia 24, terça-feira. Neste caso, se reservar um dia de férias fica com uma mini-férias, de segunda a quarta-feira mas se reservar mais dias poderá ficar com férias entre o Natal e o Ano Novo. Isto porque os feriados de dia 1 de Dezembro (Restauração da Independência) e dia 8 (Dia da Imaculada Conceição) irão calhar em dois domingos.

Tudo somado, 2019 vai trazer 13 feriados nacionais com quatro fins-de-semana prolongados e seis possibilidades de “pontes” ou mesmo mini-férias. Claro que não estamos aqui a contar com os feriados regionais que vão ainda alterar estas contas.