MSC Cruzeiros implementa novas medidas de precaução para saúde pública

Devido ao surto do coronavírus na China, a MSC Cruzeiros implementou novas medidas de precaução para a saúde pública. Alterou, também, o primeiro porto de embarque da Grand Voyage do MSC Splendida de Xangai para Singapura.

Embora não haja casos de coronavírus a bordo de qualquer navio da MSC Cruzeiros, as medidas implementadas na sua frota global são etapas adicionais para garantir a saúde e o bem-estar de todos os viajantes e tripulantes. Estas novas medidas surgem em linha com as acções tomadas na semana passada.

Os hóspedes e tripulantes que viajaram na semana passada da China continental já foram devidamente examinados relativamente a eventuais sintomas no momento do embarque e foi-lhes solicitado que relatassem ao centro médico a bordo qualquer sintoma de doença. A companhia de cruzeiros tem monitorizado de perto a situação de saúde e segurança pública em cada uma das regiões onde os seus navios estão a navegar.

Como parte das novas medidas, todos os viajantes devem preencher um questionário antes do embarque para garantir que ninguém tenha viajado da China continental nos últimos 30 dias. Serão conduzidos exames térmicos obrigatórios, sem toque, a todos os viajantes e tripulantes antes do embarque em todos os cruzeiros operados pela companhia em qualquer lugar do mundo. Pessoas com sintomas de doença serão negadas no momento do embarque.

Será feita uma elevada e profunda higienização em todos os navios frota. Os hóspedes que tiverem sintomas de febre serão isolados no seu camarote e a mesma medida será aplicada aos seus acompanhantes ou contactos próximos, incluindo viajantes no mesmo camarote e membros da família, bem como qualquer membro da tripulação que possa ter servido esses mesmos viajantes.

Por outro lado, o MSC Splendida cancelou os seus próximos três cruzeiros de quatro e cinco noites com partida de Xangai, na China, e será posicionado em Singapura para iniciar a sua Grand Voyage de 27 noites para o Médio Oriente e para a Europa. O navio chega a Singapura a 13 de Fevereiro e os hóspedes podem fazer o embarque a partir das 18h00, com partida às 23h00 do dia seguinte. Todas as excursões pré-pagas para as escalas canceladas de Naha, no Japão, e Hong Kong serão reembolsadas na conta dos viajantes.

“A decisão de reposicionar o navio de Xangai para Singapura foi tomada no melhor interesse da segurança e bem-estar dos nossos passageiros e tripulação”, afirma Gianni Onorato, CEO da MSC Cruises. Com Singapura como novo porto de embarque o itinerário da Grand Voyage foi actualizado, com quatro novos portos, em concreto Langkawi, Penang e Kuala Lumpur na Malásia e Ho Chi Minh no Vietname.