MSC Cruzeiros: Outono-Inverno sem Egipto e Ucrânia

As escalas naqueles países são substituídas por destinos alternativos, no Mediterrâneo. As alterações têm por objectivo garantir a “segurança dos passageiros”.
Na temporada de Outono-Inverno, os navios Sinfonia, Opera, Fantasia e Musica, da MSC Cruzeiros, vão deixar de escalar portos do Egipto e da Ucrânia, destinos que são substituídos por Rodes, Creta (ambos nas ilhas gregas) Limassol (Chipre) e Eilat (Israel).
Assim, enquanto os navios MSC Opera e o MSC Fantasia passarão a fazer escala em Rodes, na Grécia bem como em Iráclio na temporada de Outono, o MSC Sinfonia escalará este local apenas de passagem na sua Grand Voyage até Durban, África do Sul, em Novembro deste ano. O MSC Musica também fará escala em Creta na sua Grand Voyage de regresso do Dubai a Veneza, em Abril de 2016. Quanto a Limassol, no Chipre, será uma das escalas do MSC Musica na sua Grand Voyage até ao Dubai, também em Novembro próximo. Já o MSC Sinfonia, na sua Grande Viagem até Durban, no mesmo mês, irá a portar em Eilat, no norte do Mar Vermelho (Israel).
Segundo a companhia italiana as alterações prende-se com “a segurança não só dos passageiros mas também da tripulação”. E justifica: “Tendo em conta a situação geopolítica actual, é, infelizmente, necessário que os portos de escala no Egipto e na Ucrânia sejam neste momento substituídos até que sejam novamente considerados seguros aos olhos dos consumidores. Os novos destinos permitem também à MSC Cruzeiros contactar os mercados locais por forma a requisitar disponibilidades de um vasto leque de destinos na região para os passageiros dos cruzeiros”.
M.F.