Navios da Princess Cruises parados por dois meses

A companhia Princess Cruises, do grupo Carnival, anunciou quinta-feira a suspensão de toda a operação dos 18 navios da frota. A medida foi anunciada pela presidente da empresa, Jan Swartz e tem efeitos até 10 de Maio.

“Com esta decisão de interromper voluntariamente as operações dos nossos navios, a intenção é dar aos nossos leais clientes, equipas e accionistas a confiança no nosso compromisso com a saúde, a segurança e o bem-estar de todos os que viajam connosco, negociam connosco e dos países e comunidades que visitamos”, diz a presidente da Princess na mensagem difundida.

Segundo a companhia, a operação dos navios da companhia irá parar à medida que os cruzeiros em curso forem terminando, com os passageiros a poderem concluir normalmente as suas viagens e a desembarcarem nos portos previstos. A excepção são os itinerários de maior duração, que serão encurtados e os passageiros desembarcados num local “conveniente”.

Aos clientes que compraram cruzeiros para as datas afectadas pela suspensão da operação, a companhia propõe que utilizem esse dinheiro em outro cruzeiro futuro à sua escolha, ou, então solicitem o reembolso do valor, através do seu site da Princess.

O vídeo da mensagem pode ser visto em:

https://www.youtube.com/watch?v=ZC1jVkY9hqE&feature=youtu.be

https://www.facebook.com/PrincessCruises/videos/245733453108214/