NICE: Com um pé no mar e outro na montanha

Cosmopolita, dinâmica, pululando de animação e da azáfama própria de uma cidade plantada à beira mar, Nice, situada na Côte D’Azur, em França, oferece muito mais que sol e mar.

Com 380 mil habitantes, Nice mistura os seus 10 quilómetros de litoral, 7,5 quilómetros dos quais são praias, com os 300 hectares de espaços verdes espalhados pela região, tendo ainda como pano de fundo as montanhas, bem apetecíveis para quem gosta de praticar desportos de neve ou algo mais radical.

Na aproximação a Nice por avião é visível a agitação da cidade mergulhada no azul-turquesa do mar, rasgado pelos inúmeros barcos de recreio que passeiam por ali, as praias repletas de pessoas, os grandes edifícios que se misturam entre o moderno e o antigo, para depois pousarmos no aeroporto de Nice, bem ao nível do mar.

A arte é bonita, o colorido dos mercados também, mas está na hora de experimentar a “cozinha Niçoise”. Muitas vezes comparada à cozinha “provençal” e italiana a gastronomia de Nice possui a sua própria denominação culinária, à semelhança do que acontece com Lyon.

Azeite, plantas aromáticas – manjericão, funcho, rosmaninho, tomilho, salva, menta e coentros – e claro, o alho são a base desta cozinha, com pratos como a conhecida “Salade Niçoise” célebre em todo o mundo, numa mistura de legumes crus, borrifados com azeite, ovo cozido e filetes de anchovas.

Também a “ratatouille” – guisado de beringelas, courgettes, pimentos, tomates e cebolas -, ou o “stockfish” (batatas guisadas com tomate e bacalhau) fazem parte da extensa ementa, onde também os doces como a “Socca” – tarte feita à base de grão-de-bico cozida num forno de madeira em cima de uma placa de cobre, fazem as delícias dos visitantes.