Nova direcção da ATA quer envolver empresas na promoção do Algarve

Fomentar um maior envolvimento e a participação activa dos empresários na promoção turística do Algarve e promover o trabalho em rede são as duas prioridades da nova direcção da Associação Turismo do Algarve (ATA) eleita na passada segunda-feira, com posse marcada para o próximo dia 17 de Dezembro.

João Fernandes, o presidente eleito e que também preside à RTA, assume que a nova direcção da ATA irá “trabalhar no sentido de tornar o Algarve um destino mais competitivo e reconhecido pela qualidade e pela diversidade da sua oferta”. Para isso, revela, “vamos potenciar um trabalho em rede, contando com a intervenção de todos os agentes da indústria de turismo da região”, acrescentando que se pretende “assegurar uma cobertura territorial de toda a região e contar com o contributo de todas as empresas do sotavento ao barlavento algarvio”.

Neste contexto, avança o presidente eleito da ATA “a estratégia passará por um maior foco na comercialização da oferta da região” tendo em vista o “aumento do negócio das nossas empresas”.

Para a nova direcção da ATA, o futuro da promoção externa passa ainda por dar continuidade à aposta na diversidade da oferta da região, posicionando o Algarve como um destino que, em complemento ao “Sol & Mar” e ao gole tem outras valências e potencialidades que devem ser exploradas tendo em vista a captação para a região de turistas com outras motivações.

A situação de a ATA e a RTA passarem a ter o mesmo presidente é, para João Fernandes, “estimulante” e “benéfico” já que considera que ambas as entidades “são complementares na sua acção” permitindo a “criação de sinergias entre quem define a estratégia de desenvolvimento turístico do destino e quem o promove internacionalmente”. Através destas sinergias “será possível obter não só uma maior rentabilização dos vários recursos disponíveis, mas também ganhar uma maior eficácia, um maior peso e um maior poder negocial para o Algarve ”, sublinha João Fernandes.