Observatório do Algarve integra rede mundial da OMT

O Observatório para o Turismo Sustentável do Algarve vai passar a integrar a rede da Organização Mundial do Turismo, posicionando a região como líder em matéria de sustentabilidade económica, ambiental e social.

Num processo iniciado há menos de um ano pela Região de Turismo do Algarve, com apoio do Turismo de Portugal e em parceria com a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Algarve e a Universidade do Algarve, o Observatório junta-se agora à rede mundial da OMT – International Network of Sustainable Tourism Observatories.

“O Observatório Regional guia-nos […] ao desenvolver metodologias para a sustentabilidade no turismo e ao dotar-nos de conhecimento científico sobre a região. Com a sua integração na INSTO será ainda mais fácil trocar informação com os parceiros da rede, aplicar técnicas de gestão e de monitorização similares e, por fim, aumentar a competitividade turística do Algarve”, considera João Fernandes, presidente da RTA.

O momento simbólico de reconhecimento do Observatório pela OMT vai decorrer na Feira Internacional de Turismo de Madrid, onde o Algarve marcará presença entre 22 e 26 de Janeiro, com um módulo de destinos e 13 de negócios integrados no expositor de Portugal. Natureza, cultura, gastronomia, golfe e sol e mar são as apostas do Algarve para esta edição da FITUR.