OMT lança desafio “Healing Solutions” para ajudar a recuperação do turismo

A Organização Mundial do Turismo, com a ajuda da Organização Mundial da Saúde, convoca inovadores e empreendedores a criarem novas soluções que ajudem o sector do turismo a recuperar da crise provocada pela actual emergência de saúde pública, através do “Healing Solutions for Tourism Challenge”.

Com milhões de empregos em risco devido à emergência do Covid-19, a OMT inclui a inovação como uma das respostas à pandemia. O objectivo da organização das Nações Unidas, juntamente com a OMS, tem sido mitigar os efeitos da pandemia e colocar o turismo no centro dos futuros esforços de recuperação.

A OMT acredita ser necessária uma resposta conjunta, que una os esforços de governos e do sector privado, para aumentar a colaboração e solidariedade internacional. O desafio “Healing Solutions” convoca, então, inovadores e empreendedores a apresentar ideias que possam ajudar o sector a mitigar o impacto da pandemia e a alavancar os esforços de recuperação.

O desafio lançado pelas Organizações destina-se a encontrar ideias com potencial de fazer uma diferença imediata para destinos, negócios, bem como para os esforços no que concerne à saúde pública. Os participantes devem demonstrar como as suas ideias podem ajudar o turismo na resposta ao Covid-19, ideias desenvolvidas que estejam prontas a ser implementadas em diversos países.

“Precisamos de abraçar a inovação” na resposta ao Covid-19, atesta Zurab Pololikashvili, secretário-geral da OMT. “Convoco todos os empreendedores e inovadores com ideias que estejam desenvolvidas e prontas a ser colocadas em acção”, sendo que “queremos ouvir ideias que vão ajudar as comunidades a recuperar desta crise, económica e socialmente, bem como ideias que possam contribuir para a resposta de saúde pública”.

As inscrições na competição estão abertas até 10 de Abril [aqui]. Os vencedores do “Healing Solutions for Tourism Challenge” vão ser convidados a apresentar as suas ideias a representantes de mais de 150 governos, e vão ter acesso ao Innovation Network da OMT.