OMT: Mais de 3,5M de turistas da China visitaram a UE

Mais de 5,7 milhões de turistas chineses visitaram a Europa dos quais 3,5 milhões viajaram para a União Europeia, enquanto no sentido inverso, deslocaram-se à China 5,5 milhões de europeus, dos quais 3,1 milhões são provenientes de países da UE.

Estes dados referentes a 2016 fazem parte de um estudo apresentado pela Organização Mundial do Turismo (OMT) em colaboração com o Centro de Investigação da Economia Turística Mundial (GTERC) apresentado por ocasião do Fórum Mundial sobre Economia do Turismo, que termina esta quarta-feira em Macau.

O documento que apresenta as tendências do turismo na Ásia, e que mostra que o crescimento das chegadas internacionais da região Ásia-Pacífico supera todas as regiões do mundo desde 2005, analisa ainda a relação entre o turismo internacional da China, a economia asiática mais importante, e o bloco dos 28 países da União Europeia, no final das celebrações do Ano do Turismo EU-China 2018.

A combinação do rápido crescimento económico numa área geográfica que conta com mais de metade da população mundial, o aumento das ligações aéreas, a facilitação das viagens e dos grandes projectos de infra-estruturas, facilitaram as viagens internacionais na região, o que repercutiu de modo considerável nas receitas turísticas dos destinos asiáticos.

A região registou 335 milhões de visitantes internacionais que, em 2017 gastaram 502 mil milhões de dólares, o que representa 37% do total mundial de receitas turísticas.