Operação da LATAM para Lisboa está “acima das expectativas”

Com uma taxa de ocupação que está neste momento acima dos 85% e boas perspectivas para os próximos meses, a rota da LATAM Airlines entre São Paulo e Lisboa, iniciada a 3 de Setembro, “acima das expectativas”, mas a companhia não equaciona voar para o Porto, afirmou aos jornalistas Thibaud Morand, director comercial da companhia para o sul da Europa.

“De momento não estamos a pensar no Porto. Já foi um grande trabalho iniciar esta operação em Lisboa e temos agora é que pensar em consolidar esta operação antes de começar qualquer outra”, afirmou aos jornalistas o director comercial da LATAM para o sul da Europa, à margem do evento com que a companhia festejou, com o trade, a sua entrada em Portugal.

Morand respondia desta forma ao desafio que lhe tinha sido deixado por Francisco Pita, CCO da ANA, frisando que, embora a companhia esteja sempre a pensar em mais voos e aumento de operação, este ainda “não é o momento de pensar nem em mais voos, nem em mais operação”. Isto apesar de a nova rota estar a ser um sucesso, com “uma ocupação média superior a 85%”, números que, confessou, estão mesmo “acima das expectativas”.

O que também está a corre bem é o relacionamento com os agentes de viagens. “Fomos muito bem acolhidos pelos agentes de viagens e pela APAVT”, afirmou, para sublinhar que “precisamos do apoio dos agentes de viagens” e que no momento quase todas as vendas para o voo de Lisboa são feitas através das agências de viagens.

Considerando Lisboa “um mercado estratégico” para a LATAM Airlines, o responsável avançou ainda que o objectivo da companhia é transportar 100 mil passageiros por ano nesta rota, entre lazer e corporate.