Operação de Verão correu bem à Soltrópico, diz Fernando Bandrés

À margem do roadshow em Lisboa, onde apresentou aos agentes de viagens a sua programação de fim de ano e Inverno, Fernando Bandrés, director operacional da Soltrópico, fez o balanço do Verão, frisando que os resultados foram melhores que no ano anterior, em ocupação e preços.

“O Verão para nós tem-nos corrido bastante bem, melhorámos, em cerca de 9% a ocupação dos voos face ao ano passado, em praticamente todas as rotas”, afirmou Fernando Bandrés. Fora do crescimento esteve a Boavista porque “faltou-nos a operação à partida do Porto que não conseguimos fazer porque o aeroporto do Porto já começa também a ter problemas de slots”. Isto acabou por levar a que “a nossa capacidade contratada para a Boavista tivesse sido menor que a do ano passado”, tendo sido a única rota em que isso aconteceu. O responsável salientou no entanto que “o voo de Lisboa para a Boavista cresceu em ocupação face ao ano passado”.

Não obstante, e respondendo a uma questão do Turisver.com, sublinhou que o objectivo da Soltrópico não passa tanto pelo aumento do número de lugares vendidos mas principalmente nem pelo aumento da oferta mas antes pela melhoria do preço. “Este Verão conseguimos aumentar ocupações e os preços médios, que conseguimos fazer crescer de uma forma muito interessante”, afirmou.

Para isso contribui o facto de “termos conseguido atrasar o final das operações”, estendendo-as durante mais semanas, bem como a aposta nas reservas antecipadas. “Com este método, conseguimos chegar a Maio com um grande conforto, no sentido de que tínhamos já muitas vendas feitas”.

“O early booking está a ter um impacto cada vez maior e se conseguirmos que as reservas antecipadas tenham mais peso que o last minute é melhor, tanto para os operadores como para as agências de viagens e até para os destinos”, considerou o director operacional da Soltrópico.