Paraty Tech fornece relatórios de concorrência grátis

Fazendo uso da sua ferramenta de controlo de preços, Price Seeker, a empresa de tecnologia Paraty Tech oferece aos seus clientes relatórios de concorrência gratuitos.

Com o objectivo de continuar a apoiar a recuperação dos estabelecimentos hoteleiros. a Paraty Tech oferece um novo recurso gratuito aos seus clientes, concretamente, relatórios de concorrência gratuitos, a 30 dias, que interessados deverão solicitar ao seu account manager.

A paragem obrigatória a que os hotéis foram forçados como resultado da Covid-19 interrompeu completamente os cenários de oferta e procura. No momento em que Portugal está prestes a abrir-se de novo ao turismo internacional e muitos estabelecimentos hoteleiros estão a retomar a sua actividade, enquanto outros ainda não decidiram se vão manter-se encerrados à espera de melhores dias, a Paraty Tech decidiu ajudar a que tomem uma decisão assente em dados analíticos fidedignos no que toca, nomeadamente, aos preços e suas flutuações.

Para isso, a empresa de tecnologia vai disponibilizar gratuitamente aos seus clientes, um relatório de concorrência (30 dias), com actualizações diárias, para que possam controlar o mercado e acompanhar o seu compset.

Elaborado com o Price Seeker v3, o Rate Shopper do grupo Paraty World, este relatório, sublinha a empresa, “permitirá o acesso aos preços da concorrência e à sua evolução com vista de 1 mês, e filtros por regime, tarifa, restrições de estadia, ocupação, tipologia de quarto, etc.”.

Os clientes da Paraty Tech interessados em beneficiar deste novo recurso só precisam de notificar o seu account manager, que se encarregará de configurar a ferramenta e gerar o relatório.

Da mesma forma, a empresa de tecnologia com escritórios em Albufeira, pretende, também, “incentivar os estabelecimentos hoteleiros que actualmente não possuem o seu motor de reservas a entrar em contacto, com a garantia de que cada caso é estudado individualmente, sempre com o objectivo de se posicionar ao lado do hoteleiro e continuar, assim, a prestar apoio ao sector”, sublinha a informação enviada à nossa redacção.