PassMúsica solidária com empresas de diversão nocturna

A PassMúsica, entidade que licencia a utilização de música gravada, criou um mecanismo que permite aos empresários e estabelecimentos de diversão nocturna impedidos de exercer a sua actividade usufruírem de um crédito excepcional.

Este crédito, que abrangerá o período de proibição de funcionamento imposto pelo Governo devido ao momento de excepção criado pela propagação do Covid-19, surge na sequência de um pedido da AHRESP, que pretende expandir a outros estabelecimentos, como bares.

O mecanismo de solidariedade criado, permite o crédito das tarifas pagas em relação aos estabelecimentos e empresários que ficarão impedidos de exercer a sua actividade, em cumprimento das determinações governamentais.

Este crédito excepcional abrangerá o período de proibição de funcionamento imposto pelo Governo; as entidades exploradoras dos respectivos estabelecimentos devem requerer o crédito nos termos que virão a ser comunicados; e a medida será aplicável aos empresários que, à data de 12 de Março, tenham a sua situação de licenciamento regularizada junto da PassMúsica.

Ana Jacinto, secretária-geral da AHRESP, informou que a Associação irá defender medidas semelhantes para os outros estabelecimentos como bares, que têm de encerrar as suas portas às 21h00, bem como para todos os outros estabelecimentos que “o fizeram por consciência cívica e de salvaguarda da saúde pública”.