Pela “mão” da ESHTE: Museu Virtual do Turismo já está online

A ESHTE – Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril apresentou esta quinta-feira, nas suas instalações, o website do MUVITUR – Museu Virtual do Turismo. Esta é, conforme foi sublinhado na apresentação, apenas a primeira fase de um projecto de enorme potencial, do qual se conhece o passado e o presente, mas não o futuro.

MUVITUR_Site

“O potencial do MUVITUR é enorme. Sabemos quando e onde começou mas não sabemos onde nos pode levar”, sublinhou Fernando João Moreira, coordenador científico do projecto.

O grande objectivo do projecto é conseguir fazer a musealização do turismo mundial de uma forma virtual, através de um site que está já online e que já tem diversos conteúdos, apenas estes sejam uma ínfima parte daquilo que pode vir a concentrar no futuro.

Disponível em português e inglês, embora ainda nem todos os conteúdos estejam disponíveis nesta última língua, o site tem uma componente importante de acervo de objectos relacionados com a actividade turística, a hotelaria, o lazer e a restauração (livros, brochuras, cartazes, entre muitos outros) e permite interessantes visitas virtuais – no momento pode já “percorrer-se” o Hotel Palácio Estoril e ver até a exposição de fotografias presente numa das suas salas.

O domínio expositivo do site é o que se encontra já mais desenvolvido, mas o objectivo do MUVITUR é contribuir para o ensino e a investigação e desenvolver

A reconstituição de ambientes 3D, a narração virtual e a navegação em tempo real, o que permitirá “tours virtuais personalizados”, como explicou Maria Aurindo, uma das responsáveis do projecto.

Este é um projecto aberto à comunidade, turística e não só, pelo que qualquer um poderá participar nele. Se o quiser fazer, de modo a enriquecer o projecto, há no site, alojado em http://muvitur.eshte.pt, um formulário que pode preencher.

Presente na apresentação do MUVITUR, o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, elogiou o pioneirismo do projecto, deixou claro que o TP está disponível para “fazer um trabalho conjunto e ver como poderemos potenciar esta base de trabalho”, divulgando-a “ao máximo de pessoas possível”.