Pico recebe viagem final do Wine Summit 2019

A ilha do Pico, nos Açores, vai receber a 29 de Junho, os participantes do Congresso anual Wine Summit 2019, provenientes da Europa, EUA e Canadá. Esta viagem final do evento conta com o apoio do Governo dos Açores, tendo como objectivo divulgar a paisagem e a cultura da vinha naquela região.

Cíntia Martins, directora Regional de Turismo, presente esta quarta-feira, 15 de Maio, na conferência de imprensa de apresentação do Wine Summit, em Lisboa, acredita que esta será uma viagem de “enorme sucesso”, uma vez que a nível de promoção esta iniciativa “é muito interessante e com um impacto na colocação da cultura vitivinícola do Pico a nível mundial”.

A mesma responsável frisou ainda que o Pico se constitui como “o cenário perfeito para acolher grande parte dos oradores e da imprensa que participarão no Wine Summit, nomeadamente especialistas em vinhos, bem como, imprensa mais genérica como, por exemplo, o New York Times”, acrescentando que esta viagem “fechará, certamente com chave de ouro, mais uma edição do congresso anual Wine Summit, considerando, por um lado, a Paisagem Cultural da Vinha do Pico, classificada desde 2004, como Património Mundial da UNESCO e, por outro lado, a afirmação, nesta ilha, de produtores de vinhos de excelência”.

Já José Élio Ventura, director Regional de Agricultura, sublinha que “o crescimento que temos vindo a assistir neste sector é verdadeiramente notável, com impactos muito significativos no ambiente, na paisagem e na economia de ilhas como o Pico”, frisando que “em 2018 a produção de vinho apto a ser certificado atingiu os 450 mil litros, representando a maior produção de vinho apto a ser certificado de sempre, perspectivando-se que em 2020 a quantidade do vinho apto a ser certificado ultrapasse já 1 milhão de litros”.

Recorde-se que nos Açores existem 38 marcas de vinho certificado, várias centenas de produtores individuais e três zonas demarcadas: Biscoitos (Terceira), Graciosa e Pico.