Porto e Norte de Portugal é o Destino Nacional Convidado da BTL 2020

O Porto e Norte de Portugal veio esta quarta-feira a Lisboa para ser oficialmente apresentado como Destino Nacional Convidado da BTL 2020 mas, mais do que isso, para abrir o apetite sobre o muito que vai dar a ver, a conhecer e a provar, de 11 a 15 de Março, aos visitantes da feira e não só porque, como prometeu o presidente da região, “vamos querer colocar o Porto e Norte em toda a cidade”.

O Porto e Norte foi oficialmente apresentado esta quarta-feira como Destino Nacional Convidado da próxima edição da Bolsa de Turismo de Lisboa. A escolha, afirmou Fátima Vila Maior, directora de Negócios e Conteúdos da Lisboa Feiras, Congressos e Eventos, “não foi difícil face à performance que este destino tem tido, nomeadamente em taxas de crescimento, tanto em 2017 como em 2018, e tudo leva a crer que em 2019 vai estar na mesma linha”.

Além dos indicadores de crescimento, Fátima Vila Maior realçou alguns factores de atractividade da região que se encaixam na perfeição na filosofia da BTL, nomeadamente no que toca ao programa de atractividade e a nichos que a feira quer explorar mais, caso do enoturismo e do turismo de natureza. Por isso afirmou ser importante “dar a conhecer internacionalmente o que existe na região e que não é tão conhecido”, principalmente nos “principais mercados que estão em crescimento” como os EUA, Brasil, França e Inglaterra.

Por seu turno Luís Pedro Martins, presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal, que começou também por salientar os crescimentos que a região tem protagonizado e que têm superado a média nacional, pôs o foco naquilo que vai ser a presença da região na BTL 2020 – uma presença que se destacará, desde logo, pela dimensão do stand: 1.300m².

O que o Porto e Norte quer enaltecer neste espaço é a diversidade, a riqueza e a excelência dos seus quatro sub-destinos: Porto, Minho, Douro e Trás-os-Montes. Ou, como disse Luís Pedro Martins, “os 4 sub-destinos de uma grande região que é o Porto e Norte”.

Sem querer levantar muito o véu sobre a agenda de região na feira, Luís Pedro Martins avançou que vão ser levadas a efeito mais de 600 acções de animação, com destaque para provas de vinhos e de gastronomia. Prometeu mesmo que a região trará mais de 200 referências e vinhos e outras tantas especialidades gastronómicas. Para as preparar, trará consigo alguns dos maiores chefes da região, com o presidente da ERT a assumir que espera conseguir trazer o Chef Vítor Matos, 1 Estrela Michelin.

O que Luís Pedro Martins também prometeu foi que durante a BTL o Porto e Norte vai invadir Lisboa, com acções promocionais e algumas surpresas.

Aludindo ao bom relacionamento que existe hoje entre a TPNP e a Associação de Turismo do Porto, o responsável deixou claro que a presença da região na BTL visa chamar a atenção do mercado nacional para o Porto e Norte.

Para abrir o “apetite” a TPNP trouxe a Lisboa um “cheirinho” daquilo que os seus quatro sub-destinos têm para oferecer em termos de gastronomia e vinhos.