Porto Palácio Congress Hotel & Spa anuncia renovações

O Porto Palácio Congress Hotel & Spa, da Sonae Capital, anunciou esta quinta-feira, 9 de Maio, o seu plano de renovações para os próximos anos. O hotel, com classificação de 5*, já investiu até ao momento três milhões de euros na reformulação do bar, recepção e restaurante Madruga.

Segundo Pedro Serra, director da unidade hoteleira situada na Avenida da Boavista, no Porto, as obras vão continuar nos próximos anos, de forma faseada, não adiantando ainda o valor total do investimento. Para já, o hotel terá uma nova sala no Centro de Congressos com 320m2, com capacidade para acolher mais 220 pessoas: “O objectivo é que no futuro tenhamos espaço para sentar em catering 550 pessoas”, frisou, acrescentando que a sala deverá estar disponível já no próximo mês de Junho.

Novidade também será a reconstrução do VIP Lounge, cujas obras deverão arrancar no final deste ano ou início de 2020. Dois meses será o tempo de execução das mesmas, para que no futuro o restaurante que fica no topo do edifício, com uma vista de 360º, passe a ter 50 lugares sentados, mantenha o bar já existente e renove o seu conceito gastronómico sob a “batuta” do Chef André Silva, responsável também pelo novo gastrobar, que a partir de dia 15 de Maio, passa a chamar-se Hub Gastrobar.

Já em 2020 deverá começar a renovação dos 250 quartos existentes, faseadamente. Uma obra com duração de dois anos, que inclui a decoração dos mesmos, assim como a introdução de novos televisores de 49 polegadas, Google Chromecast e USB Plug.
Novidade ainda será o Porto Palácio Spa, cuja gestão passou a ser do hotel. Com sete salas de tratamentos e zona de relax, piscina interior e jacuzzi, entre outras ofertas, este espaço de relaxamento e bem-estar fará um up grade no menu de tratamentos e terá uma nova imagem.

Pedro Serra que adiantou ao Turisver que “o hotel registou uma taxa de ocupação de 75% em 2018”, acredita que este ano deverá manter o mesmo nível, esperando que as “novas renovações e o novo conceito gastronómico que serão implementados irão posicioná-lo num patamar diferenciador da restante oferta da cidade”.