Portugal quer afirmar segurança para a promoção do turismo

A afirmação é de Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna, proferida na passada quinta-feira, 9 de Maio, durante a assinatura de um memorando de cooperação entre a GNR e os Carabinieri italianos para patrulhamentos conjuntos.

O memorando prevê seis missões conjuntas de patrulhamento, três em Itália e três em Portugal, com a primeira a coincidir com as peregrinações do 13 de Maio em Fátima. As restantes missões em território nacional acontecerão em Lisboa e no Algarve durante a época de Verão, época em que maior número de turistas italianos visita Portugal. Já em Itália, as missões e patrulhamento conjunto vão ter lugar nas cidades de Roma, Florença e Veneza.

No âmbito desta cooperação, segundo avançou a agência Lusa, o ministro Eduardo Cabrita destacou que “Portugal quer afirmar cada vez mais a importância da segurança para a promoção do turismo, para a promoção do investimento, da presença de residentes estrangeiros e cientistas” e orgulha-se do bom caminho que tem feito nesta área, sendo “reconhecido como um dos países mais seguros do mundo”.

O memorando assinado quinta-feira contempla a utilização de elementos de ambas as forças de segurança em missões de patrulhamento conjunto, tendo em vista facilitar a prestação de informações aos turistas dos respectivos países e prestar auxílio, sempre que necessário, nos contactos entre os visitantes e as autoridades locais.