Preços médios subiram em Julho na hotelaria de toda a região de Lisboa

Tanto o preço médio por quarto vendido como por quarto disponível aumentaram na hotelaria da região e da cidade de Lisboa durante o mês de Julho. Dados do Observatório do Turismo de Lisboa publicados esta quinta-feira revelam que só na capital o Average subiu 20,2% face ao período homólogo de 2017, atingindo a média dos cerca de 122 euros,  e o RevPar cresceu 18,8%, ultrapassando os 104 euros.

Em ambos os casos, foram as unidades hoteleiras de 3 estrelas da capital que registaram maior crescimento (25,9% por quarto vendido e 24,4% por disponível), seguidas das unidades de 5 estrelas (com aumentos de 19,1% e 17,9%), e das de 4 estrelas (com crescimentos na ordem dos 18,7% e 17,3%). No acumulado de Janeiro a Julho estes indicadores aumentaram 13,5% e 13,8%, respectivamente.

Tomando a região de Lisboa como um todo, o Observatório indica que houve subidas nos preços médios praticados por quarto vendido e por quarto disponível, em Julho, comparativamente ao mesmo mês de 2017. As unidades hoteleiras de 3 estrelas continuam a ser as que registam maior aumento, tanto em termos de Average, como de RevPar, com 21,4% e 21,3%, respectivamente.

Os preços praticados, em média, pelos hotéis de 5 estrelas da Área Metropolitana de Lisboa mostram um crescimento de 17,1%, por Quarto Vendido, enquanto os praticados pelos de 4 estrelas se situam nos 16,4%. Quanto ao Revpar a variação foi positiva, e cresceu 15%, tanto nos hotéis de 4, como nos de 5 estrelas.

No que respeita à taxa média de ocupação por quarto Lisboa apresentou em Julho um decréscimo de 1,2%, tendo passado de 86,31% para 85,28%. Nos primeiros sete meses do ano este indicador teve a mesma performance quando comparado com o mesmo período de 2017, ou seja, situando-se nos 79%.

Igualmente, a região de Lisboa assistiu-se em Julho a um decréscimo da taxa de ocupação média face ao mesmo mês do ano anterior, tendo ficado nos 84,28%, com os hotéis de 3 estrelas a apresentarem taxas mais elevadas

(88,79%).