Procura turística cresce em Palmela

De acordo com dados recolhidos e tratados pela ERT da Região de Lisboa, Palmela registou, no acumulado do 1º trimestre deste ano, um total de 7.035 dormidas, +6% que no período homólogo do ano passado.

De acordo com uma nota da Câmara Municipal de Palmela, o mercado interno é o que mais dormidas gera na região, sendo seguido dos mercados da Suécia, Dinamarca, Reino Unido, Alemanha e França, com o município a destacar o crescimento de 48% do mercado sueco e de 34% do mercado francês.

“Com a procura a crescer, estamos a trabalhar diariamente para a diversificação e qualificação da oferta turística”, afirma Luís Miguel Calha, Vereador do Turismo da CM de Palmela. O responsável assegura que Palmela tem “matéria-prima para ir cada vez mais longe e isso implica que tenhamos de nos reinventar e antecipar as tendências de futuro da procura turística”.

Luís Miguel Calha recorda que estão “vários projectos e investimentos em curso” no Município e que “há muitas empresas da área do turismo que aqui querem investir, convictas de que Palmela é um ecossistema turístico em que vale a pena apostar”.

O Vereador do Turismo de Palmela destaca ainda a “parceria com os agentes turísticos, alojamento, adegas, restauração, animação e toda a rede de parceiros nacionais e internacionais, que contribuem diariamente para a promoção e divulgação de Palmela, num trabalho em sinergia com o Município, que tem sido fundamental para a valorização dos recursos do nosso território”.