PwC: Hotelaria de Lisboa e Porto com boas previsões para 2019

A hotelaria de Lisboa e do Porto consta em boa posição no ranking das melhores perspectivas para o próximo ano, em todos os indicadores analisados pela consultora PwC.

  

O estudo que a PwC publica anualmente com as previsões da evolução do sector hoteleiro em 12 cidades europeias aponta para um crescimento sustentável em 2019 em indicadores como a taxa de ocupação, o RevPar (receita média por quarto disponível) e o ADR (receita média por quarto vendido).

No que diz respeito à taxa de ocupação as estimativas apontam para Lisboa com 77,8%, posicionando-se em quarto lugar entre as 12 cidades europeias encabeçadas por Praga, Londres e Amesterdão (82,3% e 81,6% respectivamente). Nesta lista o Porto aparece em sétima posição com uma previsão de taxa de ocupação de 77,1%. Nos dois últimos estudos a capital portuguesa esteve sempre em quarto lugar, enquanto o Porto desde uma posição.

Quanto ao RevPar, Lisboa desce para a oitava posição, a mesma dos dois últimos anos, com o valor de 100,6 euros, enquanto o Porto apresenta-se na décima com 81,6 euros, tendo subido uma posição em relação a 2017 e mantendo o mesmo lugar face a 2018. A lista é liderada por Paris (187,6 euros) seguida de Genebra e Zurique. Segundo este estudo, tanto Lisboa como o Porto registaram resultados acima da média no que se refere ao Revpar.

Em relação ao ADR, Genebra mantém a posição cimeira com 245,8 euros, enquanto Lisboa, com 127,7 euros ocupa o oitavo lugar nas previsões do PwC, e o Porto o décimo, com 105,8 euros.