Quénia deixa de emitir vistos à entrada

A medida entrará em vigor a partir de 1 de Setembro. Os e-vistos devem ser requeridos on-line, posteriormente impressos, e serão válidos por 90 dias, a contar da data de aprovação.

Os visitantes podem requerer o visto em www.evisa.go.ke, disponível também nas plataformas móveis, com sistema de “upload” de fotografia. Caso o pedido não seja efectuado, a entrada no país não será permitida.

Para os agentes de viagens e tour operadores, o governo do Quénia permite o registo no website para que possam pedir vistos em nome dos seus clientes.

De acordo com as entidades quenianas, os requerimentos estão a ser aprovados em 24 horas, não estando ainda disponíveis os pedidos de urgência, embora esteja prevista a possibilidade de emitir vistos em tempo real.