Raul Martins é candidato único às eleições na AHP

Estão marcadas para o próximo dia 10, as eleições para os novos órgãos sociais da Associação da Hotelaria de Portugal no triénio 2019-2021. O actual presidente, Raul Martins, encabeça a única lista que se apresentará a sufrágio.

Citado em comunicado difundido pela AHP, o líder associativo que agora se recandidata considera que “os objectivos definidos para o anterior mandato foram cumpridos” embora deixe claro que entretanto “novos desafios surgiram porque a sustentabilidade da economia portuguesa depende cada vez mais do turismo”.
Raul Martins acredita que “o Turismo vai continuar a crescer, tanto a nível mundial, como em Portugal” mas que irá haver uma concorrência crescente pela captação dos tradicionais e também de novos mercados, alertando por isso que “a Hotelaria tem de estar preparada para os desafios que se avizinham. Temos, por isso, muito trabalho pela frente”.

Raul Martins avança ainda que uma das prioridades para o seu novo mandato residirá no “reforço da presença da AHP a nível nacional” porque “queremos chegar mais longe, quer ao nível político, quer ao nível associativo, e alargar a esfera de actuação da Associação, reforçando os compromissos já assumidos, designadamente nas áreas de sustentabilidade social e ambiental do Turismo, na Formação de Recursos Humanos ao serviço da Hotelaria e na capacitação dos Hotéis para o digital e para a Indústria 4.0”.

Presidente do Conselho de Administrarão do Grupo Altis, S.A. Raul Martins dirige os destinos da Associação da Hotelaria de Portugal desde 2016 e em Outubro do ano passado tinha já manifestado, em entrevista ao Turisver.com a sua disponibilidade para fazer outro mandato como presidente da AHP. “Se os associados quiserem, eu estou disponível”, afirmou na altura Raul Martins, explicando que “as vezes, três anos parece muito tempo mas na verdade acaba por ser pouco tempo para se consolidar trabalho e se os associados da AHP entenderem que é oportuno, que há trabalho a que tenho que dar sequência, estou disponível e será com muito gosto que me irei candidatar a mais um mandato”.