Receitas do turismo subiram 13% em Fevereiro

Dados do Banco de Portugal publicados esta quinta-feira indicam que as receitas provenientes da actividade turística ascenderam, em Fevereiro, a 677,5 milhões de euros, valor que reflecte um aumento de 13% face ao mês homólogo do ano passado.

Se forem contabilizadas as receitas dos dois primeiros meses do ano, a variação homóloga é ainda superior, + 15,2%, com a receita acumulada a chegar a 1.362,2 milhões de euros.

Em termos absolutos, o mercado do Reino Unido foi o que mais pesou para as receitas no turismo em Fevereiro, com 114,9 milhões de euros. Seguiram-se Espanha (111,3 milhões de euros), França (102,5 milhões de euros) e a Alemanha (75,5 milhões de euros). Já os mercados que mais cresceram em receitas geradas naquele mês foram o brasileiro (+38,8%), italiano (+22,1%), americano e irlandês (+20,3%) e francês (+14,9%).

No acumulado dos primeiros dois meses do ano, o top 4 dos mercados mais importantes em termos de receitas turísticas é constituído pelo Reino Unido (215,2 milhões de euros, +11%), França (212,3 milhões, +14%), Espanha (202 milhões, +10%) e Alemanha (146 milhões de euros e um aumento de quase 13%).

Em comunicado da Secretaria de Estado do Turismo pode ler-se que “estes números vêm confirmar os resultados divulgados a semana passada pelo INE e onde se destaca o número de hóspedes que, pela primeira vez no mês de Fevereiro, ultrapassou 1 milhão, um feito assinalável para a época baixa”.

O mesmo comunicado sublinha o facto de o crescimento da actividade turística estar a acontecer em todos os territórios, com destaque para Lisboa (16.2%), Açores (14,2% e Alentejo (11,5%) e de o mercado interno ter sido responsável por 1,5 milhões de dormidas (+3,2%).