Recuperação económica em linha com resultados da hotelaria na Europa

A recuperação económica em vários países da Europa, entre os quais Portugal, estimula os resultados da hotelaria. Vários países europeus registaram uma clara recuperação económica com o incremento do PIB nos últimos meses, o que impulsionou a rentabilidade dos hotéis, de acordo com o relatório mensal da STR Global.

A consultora destaca Portugal nessa lista, que sumou 6,2% de crescimento na taxa de ocupação, para 82,3%, enquanto subiram para dois dígitos a ADR (14,5% para 110,31 euros) e o Revptar aumenta 21,6%, subindo para 90,80 euros). Segundo os dados da Eurostat, o desemprego no país desceu para 14,3% em Junho.

A hotelaria europeia incrementou em Julho o seu Revpar em 13,5%, tendo atingido os 90,93 euros.

Por países, destaque especialmente para a Áustria, onde o aumento do Revpar alcançou os 71,79 euros, com uma subida de 18,8%, alimentado por um aumento de ocupação de 4,7%, para 77% e pela tarifa média diária que cresceu 13,3%, situando-se em 93,2 euros. Dados preliminares do Instituto de Investigação Económica da Áustria mostram uma subida de 0,3% do PIB no segundo trimestre de 2015, em comparação com o primeiro, uma melhoria verificada pelo aumento da procura doméstica e do gasto público.

Por sua vês, a República Checa conheceu um aumento de dois dígitos em relação à ocupação (12,8% para 82,3%), o ADR cresce 15,3% e o RevPar 30,1%. O PIB neste caso cresceu 4,4%, segundo dados do INE local. O emprego também subiu 1,4% no trimestre.

Na Alemanha, os hotéis aumentaram a sua ocupação em 3,2%, chegando a taxa a atingir 72,9%, a ADR sobe para 90,24 euros, um incremento de 5,2% e o Revpar atinge os 65,74 euros, com aumento de 8,6%. Neste país, o PIB do segundo trimestre subiu 0,4%.