Regata de Barcos Dragão “Turismo de Macau” volta ao Seixal

O Turismo de Macau em Portugal volta a juntar o trade turístico nacional em mais uma edição da  regata de Barcos-Dragão na baía do Seixal.

O encontro está marcado para as 14 horas na Associação Naval Amorense (zona ribeirinha da Amora), entidade que tem apoiado o evento, que tem início das 15 horas.

Pelo quinto ano consecutivo, o Turismo de Macau reúne jornalistas, operadores turísticos, agentes de viagens, companhias de cruzeiro, companhias aéreas e outros amigos do trade para uma tarde divertida e de convívio. A regata termina com a entrega dos prémios aos vencedores.

Para participar basta formar uma equipa da empresa com 20 elementos, eleger um chefe de equipa, um “timoneiro”, um “tambor” e dar nome à equipa. As inscrições estão abertas até ao dia 15 de Setembro.

Os profissionais do trade que não conseguirem formar uma equipa com antecedência estão também convidados desde que enviem nomes que o Turismo de Macau, no local, formatará uma equipa/tripulação com os restantes parceiros na mesma circunstância.

A corrida de barcos em forma de dragão constitui o momento alto de uma das festas mais importantes do calendário chinês – a duanyang – conhecida entre os ocidentais por “festividade dos barcos-dragão”. Em Macau é um dos principais eventos do calendário das festividades da região, recebendo igualmente todos os anos provas internacionais, como a Regata Internacional de Barcos Dragão e o Campeonato Mundial de Barcos Dragão por Equipas e Nações. Chega a reunir 140 equipas e 3000 remadores oriundos de todos os continentes.

As regatas dos barco-dragão iniciaram-se em Macau, com carácter de regularidade, no final da década de 1970.

M.M.