“Restaurantes Certificados da Lezíria do Tejo” vão estar em guia

O novo “Guia de Restaurantes Certificados da Lezíria do Tejo” apresenta 35 estabelecimentos de restauração certificados que, voluntariamente, aderiram a um projecto do Turismo do Alentejo/Ribatejo, que visa dignificar, salvaguardar e promover os produtos endógenos e o espólio gastronómico da lezíria, dentro e fora de portas.

O livro, editado em português, inglês, espanhol e francês, será apresentado pela entidade regional, esta sexta-feira, às 18 horas, no âmbito do Festival Nacional de Gastronomia de Santarém.

Composto por restaurantes dos municípios de Almeirim, Alpiarça, Azambuja, Benavente, Cartaxo, Chamusca, Coruche, Golegã, Rio Maior, Salvaterra de Magos e Santarém, descritos por conceito, espaço, oferta gastronómica, qualidade do serviço e experiências sensoriais, o guia oferece aos turistas e visitantes uma garantia de qualidade.

Entretanto, para os restaurantes dos 11 municípios da lezíria ribatejana, o processo de certificação continua aberto, podendo assim passar a ostentar um selo distintivo e a integrar a versão eBook do guia.

Segundo António Ceia da Silva, presidente do Turismo do Alentejo/Ribatejo, “este guia é, acima de tudo, uma homenagem aos profissionais, empresários e autarcas que, em estreita parceria com a ERT, insistem na dignificação, salvaguarda e projecção dos produtos endógenos e dos saberes da gastronomia regional, um bem identitário que está entre as principais motivações de visitas turísticas”, recordando que “a certificação começou com os restaurantes, mas num futuro breve será alargada a outros produtos, como por exemplo o alojamento ou os percursos pedestres, entre outros”.