Revive: Lançado concurso do Quartel do Carmo nos Açores

Ao abrigo do programa Revive, foi lançado o concurso público para a concessão e exploração para fins turísticos do Quartel do Carmo, na cidade da Horta (Açores). Os investidores interessados têm agora 90 dias para apresentarem propostas.

A construção do actual Quartel do Carmo teve início no século XVII, como Convento da Ordem dos Carmelitas. No século XX, foi adaptado ao uso militar para acolher a Companhia de Infantaria da Horta, tendo sido nessa altura sujeito a obras de recuperação significativas.

O imóvel, que será concessionado durante 50 anos, situa-se num planalto da cidade da Horta, com vista privilegiada sobre o porto e tendo como horizonte o mar e a ilha do Pico. A área a afectar a uso turístico é a totalidade do edifício, com excepção da igreja.

O Quartel do Carmo é um dos 33 imóveis inscritos no Revive, um programa conjunto dos ministérios da Economia, Cultura e Finanças com a colaboração das autarquias locais, que visa valorizar e recuperar o património sem uso para fins turísticos.

Para a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, “o Revive continua a afirmar-se como um programa eficaz para devolver aos territórios os imóveis públicos fechados, que podem ser instrumentos de atracção de investimento e dinamização económica”, para salientar que “a recuperação do Quartel do Carmo no âmbito do Revive vai ser um importante factor de geração de riqueza e de criação de postos de trabalho”.