Revive: Lançado concurso público do Convento do Carmo em Moura

O concurso público para a concessão para fins turísticos do Convento do Carmo, em Moura, ao abrigo do programa Revive foi lançado esta sexta-feira, e os potenciais investidores podem apresentar propostas até 16 de Abril de 2019.

O Convento do Carmo, um dos 33 imóveis inscritos no Revive, programa conjunto dos ministérios da Economia, Cultura e Finanças com a colaboração das autarquias locais, com vista a valorizar e recuperar o património sem uso, será concessionado durante 50 anos para exploração para fins turísticos.

O Convento do Carmo, localizado no centro histórico de Moura, próximo do castelo e da biblioteca municipal da cidade e o conjunto que engloba a igreja e o claustro do convento, classificado como imóvel de interesse público desde 1944, foi o primeiro da ordem carmelita fundado na Península Ibérica. Edificado em 1251, viria a sofrer profundas transformações no século XVI, tendo sido construída nessa altura a igreja, os claustros e as capelas. Foi deste convento que saíram os monges que fundaram o Convento do Carmo, em Lisboa.

Refira-se que este é o 13.º concurso a ser lançado no âmbito do Revive. Actualmente, estão abertos os concursos para a concessão da Casa de Marrocos, em Idanha-a-Velha, Mosteiro de Santo António dos Capuchos, em Leiria, Mosteiro de Arouca, Convento de São Francisco, em Portalegre, e Quartel do Carmo, na Horta (Açores).