Royal Air Maroc vai juntar-se à aliança oneworld

A Royal Air Maroc deverá ser formalmente integrada na oneworld em meados de 2020, acaba de ser anunciada na reunião anual do conselho desta aliança de companhias aéreas, em Nova Iorque. O mesmo acontecerá com a sua subsidiária regional, a Royal Air Maroc Express.

A rede de voos da Royal Air Maroc, a primeira companhia aérea africana a tornar-se membro de pleno direito da aliança, permite à oneworld adicionar 34 novos destinos e 21 países ao seu mapa, levando a rede da aliança a 1.069 aeroportos em 178 países e territórios.

Rob Gurney, presidente da oneworld referiu que “ a Royal Air Maroc está a tornar-se uma companhia aérea de classe mundial, cuja base história em Casablanca crescerá e será a principal porta de entrada de África, consolidando a sua posição como o principal centro financeiro do continente”.

A oneworld, que completa 20 anos em 2019, é uma aliança global com o compromisso de proporcionar serviços e valor a nível internacional. Dispõe de uma gama de opões de viagens aéreas, prémios e benefícios, contando ainda com uma rede global de rotas que cobre mais de 1.000 destinos em mais de 160 países e mais de 600 lounges.

Refira-se que o ano passado, a Royal Air Maroc transportou cerca de 7,3 milhões de passageiros, numa frota jovem de mais 57 aeronaves, composta por B787 Dreamliners e B737 para voos internacionais, Embraer e ATR para voos nacionais.