RTA condena campanha do Aeroporto de Faro

A campanha, que apelava a fugir à “confusão algarvia” já foi retirada mas o presidente da Região de Turismo do Algarve que “lamenta” o sucedido, “condena veementemente” o conteúdo da mesma e o Governo já pediu explicações.

“Foge da confusão algarvia e descansa em França” – este era o slogan com que a ANA – Aeroportos de Portugal, promovia, no Aeroporto da capital algarvia e nas redes sociais do Aeroporto de Faro, a ligação aérea entre a capital algarvia e Marselha, no sul de França.

O Governo reagiu prontamente, pedindo explicações à ANA e solicitando que a campanha fosse retirada, por ser lesiva dos interesses do país.

Também o presidente da Região de Turismo do Algarve, ao tomar conhecimento dos termos da campanha, veio “condenar veementemente” o conteúdo da mesma “por atentar contra a imagem do principal destino turístico nacional”.

“Nesse sentido, e dando cumprimento à missão da entidade regional de turismo”, lê-se numa nota da RTA, “foi contactada a direcção do aeroporto que, por sua vez, ordenou a imediata cessação da referida campanha e o apuramento de responsabilidades pela divulgação da mesma”.

Na mesma nota, a Região de Turismo do Algarve diz que lamenta o sucedido e “reforça a sua confiança no Aeroporto de Faro enquanto um dos principais parceiros empenhados no sucesso da operação turística no Algarve”.